Netiqueta

1 Flares Twitter 1 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 1 Flares ×

Aqui apresento algumas regras que considero bastante relevantes no uso da internet. Estas regras servem para facilitar o convívio dos internautas e também prezam pela segurança de informações. Este documento foi escrito tendo como base o o artigo de Netiqueta da wikipédia.

Antes de mais nada, de onde vêm essa palavra? Netiqueta (do inglês “network” e “etiquette”) é uma etiqueta que se recomenda observar na internet. A palavra pode ser considerada como uma gíria, decorrente da fusão de duas palavras: o termo inglês net (que significa “rede”) e o termo “etiqueta” (conjunto de normas de conduta sociais).

E para que serve isso? Trata-se de um conjunto de recomendações para evitar mal-entendidos em comunicações via internet, especialmente em e-mails, chats, listas de discussão, etc. Serve, também, para regrar condutas em situações específicas (por exemplo, ao colocar-se a resenha de um livro na internet, informar que naquele texto existem spoilers; citar nome do site, do autor de um texto transcrito, etc).

Foi o google que criou isso? As origens da Netiqueta são anteriores ao aparecimento da World Wide Web. Já eram usados em métodos de mensagens tais como Telnet, Usenet, Gopher, Wais, eFTP de corpos educacionais e de pesquisa denominados Internet traffic. Na época, era considerado indecente fazer anúncios comerciais e começou a considerar-se necessário um conjunto comum de regras. O termo “netiquette” (inglês) já é usado desde 1983.

Existe uma regra Brasileira? No Brasil existe a Associação Brasileira de Marketing Direto (ABEMD) que possui alguns manuais sobre o comportamento das empresas e consumidores nas negociações d marketing digital direto:

 

Algumas regras relevantes:

  • Evitar escrever mensagens exclusivamente em maiúsculas, faça somente quando quer informar que está gritando com o leitor.
  • Evite grifos exagerados, bem como enviar emails com excesso de HTML.
  • Não usar recursos de formatação de texto, como cores, tamanho da fonte, tags especiais, etc, em excesso.
  • Sempre que for enviar uma mensagem para um grupo grande de pessoas informe todos os endereços no campo CCO ou BBC. Com isso você estará contribuindo para a segurança destes endereços.
  • Respeitar para ser respeitado. Trate os outros como gostaria de ser tratado.
  • Lembre-se de que dialogar com alguém através do computador não isenta das regras comuns da sociedade, por exemplo, o respeito ao próximo.
  • Usar sempre a força das idéias e dos argumentos. Nunca responder com palavrões ou provocações.
  • Apesar de compartilhar apenas virtualmente um ambiente, ninguém é obrigado a suportar ofensas e má-educação.
  • Evitar enviar mensagens curtas em várias linhas.
  • Ninguém é obrigado a usar a norma culta, mas é preciso usar um mínimo de pontuação. Ler um texto sem pontuação, principalmente quando é grande, gera desconforto, e, além disso, as chances dele ser mal interpretado são muitas.
  • Evitar escrever em outra língua quando não solicitado.
  • Evitar ser arrogante ou inconveniente.
  • Não interromper o assunto tratado pela outra pessoa.
  • Evitar ao máximo usar emoticons de letras, palavras e coisas do gênero.
  • Usar a funcionalidade de se auto-determinar um status ou estado como ocupado, ou ausente, se possível.
  • Procurar ser o mais claro possível para não gerar confusão. Sempre leia o seu texto antes de enviar para ter certeza de que outra pessoa irá entender o que você quis dizer.
  • Não sair do mensageiro sem se despedir da pessoa com quem está “falando”.
  • Em fóruns e listas de discussão, deixar o papel de moderador para o próprio moderador.
  • Em textos muito longos, deixar uma linha em branco em algumas partes do texto, paragrafando-o.
  • Dependendo do destinatário de seu texto, evitar o uso de acrônimos e do internetês.
  • Não copiar textos de sites ou qualquer outra fonte que possua conteúdo protegido por registro e que não permita cópias e sempre, mesmo com autorização de cópia, cite as fontes quando utilizá-las. Todo leitor deve ter o direito de saber a origem real do texto.

 

 

1 Flares Twitter 1 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 1 Flares ×